Banner Imacustica 834x200_04-12-21

McIntosh MC462 + C2700

McIntosh MC462 + C2700

João Zeferino

6 Janeiro 2022

Um grande estilo e um grande som de braço dado.


Com uma longevidade que ultrapassa já as sete décadas, a McIntosh é hoje em dia uma das marcas mais icónicas e reconhecidas do áudio high-end em todo o mundo. Para além da reputação que lhe provém da respeitável idade, há ainda que perceber que a McIntosh tem sabido consolidar, ao longo dos anos, uma imagem de marca que permite identificar um produto da casa num primeiro olhar e também uma personalidade sónica que poderá não agradar a todos, mas que conquistou uma imensidão de admiradores espalhados pelos quatro cantos do planeta.

Pormenores de design como a utilização de painéis frontais em vidro, os mostradores e a iluminação azul com os clássicos vuímetros, a utilização dos mesmos comutadores em variadíssimos modelos, conferem aos produtos uma uniformidade e coesão estilística que está presente em todos os modelos, sejam amplificadores a válvulas ou de estado sólido, leitores digitais ou gira-discos, que torna por vezes difícil distinguir um modelo novo daquele que o antecedeu - procure-se, a titulo de exemplo, as diferenças entre o MC462 e o anterior MC452 – e confere aos utilizadores dos modelos entretanto descontinuados a confiança de se manterem tão actuais como no dia em que efectuaram a compra, mesmo sabendo que algumas diferenças deverão existir ao nível tecnológico que justificaram o lançamento de uma actualização.

Para este teste tive o privilégio de poder contar com a presença no meu sistema de som com a dupla pré-amplificador e amplificador de potência C2700 e MC462; e que dupla eles revelaram ser. O prévio C2700 é um modelo a válvulas que conta com cinco válvulas 12AX7 e uma12AT7, sendo um prévio exemplarmente versátil, extremamente completo em termos de funcionalidades e com uma enorme disponibilidade de conexões. Um pormenor estilístico a destacar prende-se com a colocação das válvulas de modo a ficarem visíveis a partir da placa superior.

C2700 _2

O C2700 disponibiliza 4 entradas de nível de linha em fichas RCA e 3 balanceadas XLR, a que se juntam 2 para gira-discos com pontos de terra independentes, sendo 1 para células do tipo MC e 1 para unidades MM. Para além das conexões analógicas o C2700 está ainda equipado com o mais recente módulo digital de conversão digital / analógica DA2, o qual incrementa o número de entradas disponíveis com mais 7 digitais distribuídas por 2 coaxiais, 2 ópticas, 1 USB e 1 MCT (ligação proprietária McIntosh para ligação a um transporte SACD/CD da marca) e ainda uma conexão HDMI Audio Return Channel (ARC). Complementa o conjunto uma saída para auscultadores, equipada com o circuito de alta potência McIntosh Headphone Crossfeed Director (HXD).

O McIntosh MC462 é o amplificador de potência estéreo mais potente da actual gama da marca americana. A potência especificada é de 450 Watt por canal sobre 8, 4 ou 2 Ohm e a distorção harmónica total não ultrapassa os 0,005% desde 250 mW até aos 450 Watt. Outra notável especificação técnica diz respeito ao valor da relação sinal/ruído que nas entradas balanceadas se pauta por uns impressionantes 122dB. A McIntosh indica ainda que as mais recentes melhorias ao nível da capacidade de filtragem, que praticamente duplicou relativamente ao modelo anterior, permitiram assegurar ao MC462 um tecto dinâmico de 3 dB acima da potência especificada. Os grandes medidores na inconfundível cor azul que dominam todo o painel frontal indicam uma capacidade de potência de pico de 1,8 kW. O MC462 inclui também actualizações ao nível da cablagem interna de superior calibre, do sistema de gestão de energia mais ecológico, e inclui naturalmente as tecnologias McIntosh Power Guard, Sentry Monitor, Quad Balanced e dissipadores “McIntosh Monogrammed Heatsinks”.

MC462_2

A tecnologia utilizada no circuito que a McIntosh chama Quad Balanced consiste na utilização de dois amplificadores por canal (um para cada fase do sinal) operando em push-pull, sendo o sinal combinado nas respectivas saídas. Naturalmente o MC462 utiliza a tecnologia mais icónica da marca os transformadores de saída ou Autoformers como a McIntosh lhes chama, que permite ao MC462 trabalhar sempre sobre uma carga ideal, ignorando as variações de impedância normais em quaisquer altifalantes. Esse recurso dá ao MC462 a capacidade de ignorar as desvantagens das variações de impedância, permitindo ao amplificador operar em condições ideais e garantindo o débito da potência especificada qualquer que seja a impedância das colunas associadas.


» Próxima página (Página 2 - 2/2)

Banner Ajasom Dez 2021
Banner Rotel 2022

Conteúdo

  • McIntosh MC462 + C2700 João Zeferino
  • Página 2

Outros conteúdos

Banner Marantz Jan 2022
B&W Diamond Jan 2022