Banner LG Evo_Julho 23
Banner Sarte_Wiim_Fever 24
Banner Imacustica Julho 22
Exaudio Jun 23
Banner vertical Ultimate Fever 24
Banner Imacustica Julho 22
Banner horiz Ultimate Fever 24

Accuphase E-5000

 Accuphase E-5000

João Zeferino

30 maio 2023

Um integrado com sangue na guelra


Introdução

No passado ano de 2022 celebraram-se os 50 anos da fundação da Accuphase, a marca criada no Japão pelos irmãos Nakaichi Kasuga e Jiro Kasuga em 1972. Para assinalar a efeméride a Accuphase preparou o lançamento de um conjunto de novos produtos, o último dos quais foi o amplificador integrado E-5000, objecto do presente artigo.

O E-5000 passa a ocupar a posição cimeira na linha de amplificadores integrados da marca japonesa, apresentando-se simultaneamente como o mais potente amplificador integrado concebido pela Accuphase até à data. Aliás, não apenas pela potência especificada, mas também por uma nova sonoridade que se adivinha logo às primeiras audições, parece claro que a Accuphase pretende marcar uma clivagem mais nítida entre a linha de amplificadores em Classe A e a linha que funciona em Classe AB.

Em rigor, o epíteto de modelo integrado de topo pertence ao imponente E-800, um modelo que debita 50/100/200 Watt por canal a 8/4/2 Ohms e que funciona em Classe A. Ao E-5000, muito próximo do E-800 em termos de custo, cabe a tarefa de representar o topo da gama dos modelos em Classe AB com uma potência especificada de 240/320 Watt por canal a 8/4 Ohm. Na prática são ambos modelos de topo e de custo muito aproximado, que deixam ao utilizador a opção pela sonoridade requintada da Classe A ou pelo ímpeto rítmico e dinâmico da Classe AB.

e-5000_inside_front

Descrição

O design do E-5000 não deixará ninguém indiferente e permite identificar imediatamente o amplificador como um Accuphase, característica que a marca cultiva e que lhe tem granjeado um tão grande número de admiradores. Os modelos lançados na sequência do 50.º aniversário possuem um aro subtil em dourado brilhante que circunda os potenciómetros e que contrasta com a cor dominante ouro-champanhe mate, conferindo ao conjunto um toque de classe sem se mostrar demasiado ostensivo ou pomposo. Para além do habitual painel em ouro champanhe com um alto nível de acabamento, o E-5000 estreia a nova versão dos inevitáveis vuímetros em posição central e que cobrem agora uma escala maior, começando nos -50 dB até +3 dB, ocupando uma posição central, enquanto os botões grandes à esquerda e à direita são usados para seleção de entrada e controlo de volume, respectivamente.

Abaixo dos vuímetros encontra-se uma porta basculante que esconde os restantes botões e interruptores de controlo. Como é habitual na Accuphase não faltam funcionalidades, incluindo os por vezes tão demonizados controlos de tonalidade, mas que, quando implementados com a sabedoria de uma marca como a Accuphase, podem contribuir para conferir equilíbrio à reprodução sonora sem acrescentar os efeitos nefastos que tantos lhes atribuem.

AccuphaseE-5000IntegratedAmplifier_2_800x600

Por detrás desta porta encontram-se assim a selecção de colunas: Off, A, B, A+B, controlos de tonalidade para graves e agudos e respectivo interruptor para os ligar ou desligar, comutador de fase, mono/estéreo, bem como a escolha de cabeças de gira-discos MM ou MC, no caso de se encontrar instalada a placa phono, e informações sobre o sinal digital, caso esteja instalada a placa DAC. À direita temos um controlo para um atenuador de sinal, a saída para auscultadores e o controlo de volume.

O circuito de amplificação para auscultadores é totalmente discreto, autónomo e integrado, suficientemente apto a realizar o potencial sonoro da maior parte dos auscultadores de alta qualidade existentes no mercado permitindo abdicar de um amplificador dedicado, o que representa uma poupança considerável para os utilizadores que façam uso intensivo deste meio de escuta.

No painel traseiro, o E-5000 está bem equipado de terminais de entrada e saída, com cinco conjuntos de entradas RCA convencionais de nível de linha e dois conjuntos de entradas balanceadas XLR. Há também entradas / saídas com loop de gravação, bem como saídas de pré-amplificador via RCA e XLR para ligação a um amplificador de potência externo. O E-5000 inclui também entrada de pré-amplificação de modo a funcionar como amplificador de potência o que permite, por exemplo, ligá-lo a um processador A/V fazendo bypass à etapa de prévio do integrado. Os dois conjuntos de terminais de colunas são de grandes dimensões, fáceis de operar e aceitam fichas banana, cabo nu e forquilhas de grandes dimensões, assegurando sempre um aperto robusto.

Clip

É também na traseira que se encontram as duas ranhuras que permitem, como opção, instalar uma placa de circuito como a AD-50 para ligação de um gira-discos com cabeças MM e MC, comutável no painel frontal, e/ou uma placa de conversão digital/analógica como a mais recente DAC-60 que possui uma especificação máxima de áudio digital até DSD 11,2 MHz ou 384 kHz/32 bit, e inclui três entradas digitais, RCA/coaxial, óptica e USB.

O E-5000 tem um construção duplo-mono. A fonte de alimentação é constituída por um substancial transformador toroidal encapsulado, colocado sensivelmente ao centro do chassis, a que se juntam dois condensadores de 40 000 μF cada. No desenvolvimento do E-5000 a Accuphase incorporou um conjunto de tecnologias desenvolvidas ao longo dos anos e inicialmente apenas disponíveis para os pré-amplificadores e amplificadores de potência separados. Uma dessas inovações é a tecnologia do circuito de controlo de volume proprietária “Balanced AAVA” (Accuphase Analog Vari-gain Amplifier), herdada do pré-amplificador C-2900.

O AAVA (Accuphase Analog Vari-gain Amplifier) é um circuito de controlo de volume radicalmente diferente que elimina todos as resistências variáveis do caminho do sinal. O sinal musical não passa pelo mecanismo de volume no circuito AAVA balanceado, esse mecanismo actua apenas como um sensor de posição para detectar o nível de volume. Contudo, o seu manuseio continua a transmitir ao utilizador a sensação do botão de volume mecânico, uma característica muito importante para muitos entusiastas do áudio.

O andar de saída é baseado no circuito do amplificador de potência P-7300, dispondo de um conjunto de 5 pares de transístores bipolares por canal, permitindo obter a elevada potência especificada e uma impedância de saída muito baixa que possibilita o E-5000 exibir o impressionante factor de amortecimento de 1000.

e-5000_back_e

» Próxima página (Página 2 - 2/2)

Ajasom marcas 25-02-23
Marantz Stereo 70s_Set 23

Conteúdo

Outros conteúdos

Banner TCL Out 23
B&W Diamond Jan 2022
Marantz 70 anos