Banner LG Evo_Julho 23
Banner Sarte_Wiim_Fever 24
Banner Imacustica Julho 22
Exaudio Jun 23
Banner vertical Ultimate Fever 24
Banner Imacustica Julho 22
Banner horiz Ultimate Fever 24

Chord Mojo 2

Chord Mojo 2

Leonel G. Marques

20 abril 2023

Um dos mais avançados DAC / amplificadores de auscultadores do mercado (e cabe no bolso): O Mojo 2 da Chord


Audição


Ouvi o Mojo com vários auscultadores no meu sistema (os Carbon NightHawk da Audioquest e os Hifiman 550SE) e em andamento (os auriculares Orion da Campfire e Universal Massdrop da Noble). Até experimentei ligar a saída de auscultadores, através de um adaptador jack/RCA, ao meu amplificador Rotel RA1592 e usando como leitor o Atoll SACD200.

E tentei várias das configurações sonoras que os botões coloridos do Mojo 2 oferecem. Posso já dizer que a minha impressão global foi excelente. Mais, acho que não tenho defeitos a apresentar. Grande musicalidade, excelente precisão na reprodução dos timbres, com grande equilíbrio de palco sonoro e nível de detalhe, sonoridade entre o “quente” e o neutral, mas que se pode configurar a gosto. Mais, o Mojo 2 coloca-nos no cento da música sem dar a sensação de que os instrumentos estão dentro da nossa cabeça (o tal grande equilíbrio do palco sonoro).


Playlist



Francois Lazarevitch et Les Musiciens de Saint-Julien – Beauté Barbare – Download Qobuz 96 kHz / 24 bit.
Concerto Copenhagen (dir. Lars Ulrik Mortensen – Bach St John Passion – Download Qobuz 96 kHz / 24 bit.
Ralph Towner – At First Light – Download Qobuz 96 kHz / 24 bit.
Brad Mehldau – Your Mother Should Know (Brad Mehldau Plays The Beatles) – Download Qobuz 48 kHz / 24 bit.
Red Hot Chili Peppers– Stadium Arcadium – Warner 2CDs
Club Makumba – Club Makumba – Download Qobuz 44.1 kHz / 16 bit.




Mas passemos a uma descrição um pouco mais pormenorizada.
Começando pela clássica: Francois Lazarevitch é um flautista de renome e, nesta gravação, aparece interpretando peças virtuosistas com uma velocidade estonteante. A reprodução do Mojo 2 foi apurada, sabendo preservar os timbres, muito preciso nos ataques das notas e sem qualquer estridência. Continuando, A Paixão Segundo S. João é uma obra monumental de Bach, plena de dramatismo e paixão com uma tonalidade severa e sombria. O Mojo 2 manteve o controlo as diferentes massas sonoras, dos coros à orquestra, com um palco sonoro extenso, um nível de detalhe excelente e grande musicalidade.

Mojo 5

No jazz, temos a gravação lindíssima do guitarrista acústico, Ralph Towner a solo. O timbre e toda a textura das cordas de Towner foram reproduzidos de forma encantatória, mas natural, com belos silêncios em contraste as pequenas sonoridades do dedilhar físico e a pureza inexcedível das cordas. A seguir, temos Brad Mehldau que, nesta gravação ao vivo, toca os Beatles mas quer e consegue plenamente sublinhar o lado musical menos óbvio e mais intrigante dos Beatles, misturando-o com devaneios mehldaunianos. O piano de Mehldau prima mais pela complexidade e engenho dos temas e menos pela abordagem melódica convencional ao instrumento. O Mojo 2 soube captar a minha curiosidade em redescobrir temas que conhecia tão bem, com invisibilidade, deixando ouvir em vez de se deixar ouvir.
No rock, começamos pelos Red Hot Chilli Peppers no seu clássico Stadium Arcadium, umas das melhores gravações dos Peppers. Música entusiasmante que apetece dançar ou no mínimo bater o pé e abanar a cabeça. O Mojo 2 provou que também sabe rockar com os baixos do baixo de Flea a comandar as tropas, a guitarra de John Frusciante a disparar em todos as direcções e a voz de Anthony Kiedis a puxar pela banda e pelo ouvinte. O Mojo 2 criou a necessária atmosfera eléctrica, com um grande palco sonoro. Reproduzindo com verdade, o timbre ácido de Fruscante e a batida funda de Flea. Excelente. Finalmente, os Club Makumba, a nova banda de Tó Trips, uma espécie de Dead Combo & Royal Orquestra das Caveiras (para quem não ouviu: a minha recomendação para ambos). O som é envolvente, ritmado e, não sei porquê, faz-me sempre sorrir. O Mojo 2 mostrou que a música de influência pan-africana não lhe esconde os seus segredos e a audição foi divertida e dançável, criando cenários de filmes por produzir. Excelente palco e ambiente sonoro, com precisão rítmica e o nível de detalhe que permite ao ouvinte ouvir muito e imaginar o resto (quer dizer, faz-nos sonhar…).

Mojo com Meze



Conclusão


Para mim, o Mojo 2 é claramente a referência em DAC/ amplificador de auscultador portátil (e mesmo no cerne de um sistema áudio, dá-se muito bem). E tem uma característica (que sem dúvida será rapidamente imitada por outros) e que permite mesmo transformar um telemóvel num leitor audiófilo: tem uma entrada USB tipo C, como os telemóveis modernos! As ligações USB micro são muito mais instáveis saindo facilmente do sítio durante qualquer movimentação (cheguei a usar velcro para prender a ligação à capa do meu DAP). A ligação por USB tipo C torna a ligação USB mais segura e muito mais rápida na transmissão de dados. E faz toda a diferença. Experimente.

DAC / Amplificador de auscultadores Chord Mojo 2
Preço           599 €
Distribuidor     Topaudio/ José Lopes Marques

Ajasom marcas 25-02-23
Marantz Stereo 70s_Set 23

Conteúdo

Outros conteúdos

Banner TCL Out 23
B&W Diamond Jan 2022
Marantz 70 anos