Banner LG Evo_Julho 23
Banner Sarte_Wiim_Fever 24
Banner Imacustica Julho 22
Exaudio Jun 23
Banner vertical Ultimate Fever 24
Banner Imacustica Julho 22
Banner horiz Ultimate Fever 24

Música viva na Exaudio

Música viva na Exaudio

30 maio 2024

Vincent Belanger e a Audio Note tocaram música a «quatro» mãos


Vincent Belanger é um reconhecidíssimo músico canadiano, natural de e residente no Quebec, que desde há uns anos estabeleceu uma parceria com a Audio Note, fabricante inglês de equipamento de alta-fidelidade, participando em numerosas sessões nas quais toca o seu violoncelo em paralelo com música gravada reproduzida por um sistema da marca.
Tal aconteceu uma vez mais mas agora em termos de novidade absoluta pois foi a primeira vez que Vincent se deslocou a Portugal e diga-se desde já que ficou encantado. O local de demonstração foi uma das salas da Exaudio, cujas instalações estão situadas no perímetro exterior de Cascais. Embora as coisas tenham começado por não correr da melhor maneira, pois o violoncelo de Vincent danificou-se no transporte, tudo se resolveu a bom termo pois um dos clientes da Exaudio é violoncelista no teatro de São Carlos e recomendou uma luthier que colocou o instrumento novamente em perfeitas condições e, ainda por cima, emprestou o seu próprio violoncelo para que Vincent tocasse no primeiro dia. E a manhã do segundo dia foi ainda mais interessante porque, para além da informal «competição» entre o intérprete ao vivo (em que Vincent ganharia sempre, por razões óbvias) e o sistema da Audio Note, onde pontuavam as colunas AN-E, foi possível ouvir não apenas um mas dois músicos a tocarem ao mesmo tempo.

Foto 2_Exaudio Vincent

Vincent Belanger é um dos grandes violoncelistas dos nossos tempos


Quando me dirigi à Exaudio apenas Vincent estava presente mas tive também direito a uma oportunidade especial pois, em relação à demonstração de Munique a que tinha assistido duas semanas atrás, pude apreciar as diferenças entre um instrumento mais clássico, mais romântico, de origem francesa, e o que Vincent utiliza normalmente, fabricado na Alemanha, um mais quente e melódico, outro mais imediato no ataque das notas, mas ambos vivos e a respirar na minha frente. Excelente ideia, a da Exaudio, a que o público visitante correspondeu com entusiasmo, que permitiu a quem esteve presente apreciar a música na sua máxima expressão: viva e ao vivo.