Revista

Audio & Cinema em Casa, n.º 283, Julho/Agosto de 2020 - Ano 32

Chord DAVE/Hugo-M, verdade musical em toda a essência

Primare Prisma I25, música directa ao coração

Testes

Pro-Ject Audio T1 SB * McIntosh MA9000/MCT500 * Shelter Harmony * QUAD Vena II Play * Primare Prisma NP5 * LG OLED65GX * Artesania Exoteryc * iFi Audio hip-dac * LB SN8Y * Audio Analogue Maestro Anniversary

Destaques

Chord DAVE/Hugo-M – toda a música, sem barreiras

A combinação DAVE + Hugo M-Scaler constitui uma verdadeira equipa digital de sonho. Poucos, ao ouvi-la, sentirão a falta das válvulas ou se lembrarão dos artificialismos do digital. É um equipamento que temos de considerar caro em termos absolutos, mas não nos podemos esquecer que é uma referência que estabelece os limites do progresso actual em conversão digital-analógico. É o mundo do princípio de Pareto, em que 80% de toda a qualidade na reprodução musical está reservada para 20% dos equipamentos (ou até menos). Se tiver a sorte de ser dos 20% de pessoas que possuem 80% dos rendimentos, não hesite. Se não for, não desespere, há outras soluções de grande qualidade na Chord e, ou eu muito me engano, ou a Chord não tardará a apresentar modelos menos dispendiosos, mas que beneficiarão dos avanços extraordinários alcançados pelo DAVE e o pelo Hugo M-Scaler.

Em teste (publicação em breve):

Kimber Carbon, Thorens TD1600, TCL 65C51, Denon Home 250, Wharfedale EVO 4.3, Tiglon TPL-2000A ...