Banner LG Evo_Julho 23
Banner Sarte_Wiim_Fever 24
Banner Imacustica Julho 22
Exaudio Jun 23
Banner vertical Ultimate Fever 24
Banner Imacustica Julho 22
Banner horiz Ultimate Fever 24

Soulnote D-2

Soulnote D-2

João Zeferino

27 janeiro 2023

Música com alma


Introdução

A SoulNote é uma empresa japonesa que foi fundada em 2004 pelo Sr. Norinaga Nakazawa, um engenheiro e ex-director da Marantz Japão. O Sr. Nakazawa foi um dos engenheiros da SAC (Standard Audio Corporation), tendo exercido funções no departamento de pesquisa e desenvolvimento (R&D). A SAC foi proprietária da marca Marantz durante algum tempo e tornou-se posteriormente na Marantz Japão e herdeira das ideias de Saul B. Marantz.

O Sr. Nakazawa foi responsável por muitas técnicas e soluções importantes usadas pela Standard Audio Corporation. Em 1982, como parte da Marantz Japão, ele aperfeiçoou o design de um gravador de cassetes de última geração, bem como supervisionou o design do icónico leitor de CD da Marantz, o modelo CD63, não sendo por isso de admirar que os leitores de CD, e agora também os SACD, desempenhem um papel tão importante na linha SoulNote.

Os produtos SoulNote são fabricados no Japão, na província de Kanagawa, sendo a Soulnote uma marca que pertence à empresa-mãe CSR, Inc. uma empresa da área das telecomunicações e produtos de estúdio de áudio profissional. Em 2004, foi formada a D&M Holding, que incluía as marcas Denon e Marantz. O Sr. Nakazawa e outros 50 engenheiros compraram as suas acções na empresa, juntamente com os direitos de patente e co-fundaram a CSR, Inc. Em 30 de Junho de 2004. O primeiro equipamento apresentado foi o leitor de CD DA1.0, com estágio de saída e fonte de alimentação sem realimentação. Um ano depois, juntou-se o amplificador integrado SA710B, também com circuito de amplificação sem feedback.

Durante algum tempo a marca Soulnote ocupou um nicho de mercado, no mercado japonês e noutros mercados asiáticos, mas sempre sem grande visibilidade. Contudo, a partir de 2016, o Sr. Hideki Kato passou a desempenhar as funções de projectista-chefe, sendo também o criador da nova série de produtos, incluindo o conversor D-2 analisado no presente artigo. A partir de 2018 os produtos começaram a ser distribuídos na Europa e EU, e a aparecerem nos principais eventos de áudio, a que se seguiram os primeiros artigos na imprensa da especialidade com opiniões laudatórias, assim como os primeiros prémios fora do Japão, o que catapultou a marca para as luzes da ribalta, sendo hoje a Soulnote uma marca em franco crescimento e reconhecimento.


Descrição

3_Soulnote Open

O Soulnote D-2 E é um conversor digital / analógico de construção duplo-mono com um amplificador diferencial totalmente discreto e sem realimentação. O D-2 possui um design simétrico no qual os canais esquerdo e direito, bem como a fonte de alimentação, são imagens espelhadas colocadas de forma totalmente independente nos dois lados do chassis. Trata-se de um conversor D/A puro e duro, sem quaisquer funções acessórias que não sejam as relativas à função primordial. Como tal, não dispõe de préamplificação, nem saída para auscultadores nem qualquer tipo de controlo de volume. O painel frontal conta apenas com os comutadores de selecção de filtros NOS (Non Oversampling) e FIR 1 e 2, inversão de fase e selector de entradas 2xAES/EBU, 2xRCA coaxial e 1xUSB. As saídas analógicas fazem-se via RCA ou balanceadas XLR. Existe ainda uma entrada e respectivo comutador, para utilização com um relógio externo a 10 MHz.

Tipicamente, os conversores D/A que recriam o Master Clock necessário a partir dos relógios de referência normalmente usam um DDS (Sintetizador Digital Directo), sendo que o desempenho de geradores de clock externos neste formato garante uma grande precisão de frequência. Contudo, o jitter (flutuações na largura da forma de onda que surgem no clock) e o ruído de fase resultante são altamente dependentes do desempenho do próprio DDS. Por convenção, os equipamentos de áudio geralmente usam CIs específicos para DDS com funções de jitter de 10 ps (picossegundos).

No entanto, o Soulnote D-2 é o primeiro dispositivo a usar o sintetizador PLLatinum RF LMX2594 da Texas Instruments para um DDS de áudio. O sintetizador LMX2594 foi desenvolvido para radares e instrumentos de medição e possui as mais altas especificações do mundo com índice de desempenho de -236 dBc/Hz e jitter de 45 fs (femtossegundo, 1/1000 de picossegundo). Este DDS de jjitter ultrabaixo resulta numa apresentação espacial incrivelmente clara e profunda associado ao TCXO (Temperature compensated crystal oscillator) integrado.

6 Soulnote Detail

Um circuito discreto perfeitamente balanceado e sem realimentação negativa (NFB) emprega um total de quatro circuitos integrados ES9038PRO, uma estreia na indústria de acordo com a Soulnote. Com um valor de corrente muito elevado de 120 mA, os dois ES9038PRO são usados em modo síncrono, em cada canal, para possibilitar uma reprodução de música natural e vívida. O D-2 suporta o modo Non-oversampling, para além do modo FIR-oversampling convencional. O modo Non-oversampling é na verdade uma versão sem NFB que foi adaptada para funcionar no domínio digital. Neste modo, os ecos pré e pós observados com sobre-amostragem e FIR convencional não são gerados, garantindo uma conversão do sinal mais pura e próxima do sinal original. De acordo com a Soulnote, o modo Non-oversampling, que não pode ser usado com DSD, elimina qualquer ambiguidade nas informações da linha do tempo, criando uma qualidade de som mais realista e natural e um amplo ambiente de audição para o ouvido humano que é extremamente sensível no domínio do tempo.

A fonte de alimentação conta com um sobredimensionado transformador toroidal de 400 VA, o qual dispõe de oito enrolamentos no lado secundário, um transformador fabricado sob especificações da Soulnote e desenvolvido inicialmente para amplificadores de potência. Como forma de remover as sempre inevitáveis vibrações causadas pelo funcionamento do transformador, este encontra-se colocado à frente e numa posição central, sendo as vibrações drenadas por meio de um espigão que fica colocado directamente por debaixo do transformador. Complementarmente, dois outros espigões colocados atrás asseguram o acoplamento do D-2 com a superfície de instalação e asseguram uma drenagem de vibrações eficaz. Os circuitos analógicos estão distribuídos por 4 placas com pistas em folha de cobre de 70 mícrones de espessura, sendo o ruído praticamente eliminado através da optimização do traçado das pistas da placa de circuito impresso.

5 Soulnote Detail

O facto de todo o circuito de amplificação ser elaborado com recurso a componentes discretos, faz com que o interior do D-2 esteja invulgarmente cheio e seja um deleite para os olhos dos entusiastas, estando mesmo a pedir uma tampa em acrílico. Mas não, a Soulnote dotou o D-2, como aliás faz com todos os seus produtos, de uma tampa metálica não aparafusada ao chassis mas apenas apoiada nalguns pontos, o que tem como resultado chocalhar de forma audível, se for tocada, o que, segundo a marca, se traduz em resultados benéficos ao nível do controlo global de vibrações e na qualidade do som.

O D-2 usa a tecnologia Bulk Pet, um novo método desenvolvido pela Interface Corporation para a transferência de dados via USB. O método de transferência em massa reduz a carga em computadores e conversores D/A e anuncia a próxima dimensão em qualidade de som durante a reprodução via USB. Para a utilização com um computador há que instalar drivers específicos.


» Próxima página (Página 2 - 2/2)

Ajasom marcas 25-02-23
Marantz Stereo 70s_Set 23

Conteúdo

Outros conteúdos

Banner TCL Out 23
B&W Diamond Jan 2022
Marantz 70 anos